Diferenças entre edições de "Bioinformática"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 3: Linha 3:
 
|Conceitos relacionados=Sistema de Informação em Saúde, Sinal Médico
 
|Conceitos relacionados=Sistema de Informação em Saúde, Sinal Médico
 
}}
 
}}
 +
 +
 
[[Category:Conceitos]]
 
[[Category:Conceitos]]
A '''Bioinformática''' diz respeito, no sentido lato, à aplicação das técnicas e tecnologias informáticas à análise, ao processamento e ao estudo da informação biológica e/ou biomédica.
+
'''Bioinformática''' pode ser definida como a conceptualização biológica em termos moleculares e a aplicação de técnicas informáticas para perceber e organizar informação associada a estas moléculas, a uma grande escala. Resumindo, a bioinformática é um sistema de informação para a biologia molecular e com diversas aplicações práticas (1)
  
 +
== Introdução ==
 +
O termo '''Bioinformática''' surgiu por volta de 1965 com o trabalho de Margaret Dayhoff(1925-1983) “Atlas of Protein Sequence and Structure” em que a autora foi pioneira em perceber processos bioquímicos usando computador. Mais tarde no ano de 2000, o “Information Science and Technology Initiative Consortium of the National Institutes of Health” redefiniram Bioinformática. Referiram que a Bioinformática era a investigação, desenvolvimento ou aplicação de ferramentas computacionais na influência em biologia, medicina, comportamento ou saúde, incluindo as ferramentas que permitem adquirir, organizar, analisar ou visualizar essa informação(2).
 +
A Bioinformática tem como objetivos: organizar informação permitindo que os investigadores tenham acesso a essa informação e possam adicionar mais informação enquanto elas são produzidas, por exemplo no Protein Data Bank; Desenvolver técnicas e ferramentas que auxiliem a análise dessa informação, por exemplo programas como FASTA e PSI-BLAST; Utilizar estas ferramentas e interpretar resultados de uma forma biologicamente significativa(3).
  
 
----
 
----

Revisão das 12h12min de 14 de abril de 2016

Bioinformática
Sigla
Aplicações Processamento de informação biológica, Processamento de informação biomédica, Estudo de informação biológica, Estudo de informação biomédica
Conceitos relacionados Sistema de Informação em Saúde, Sinal Médico

Bioinformática pode ser definida como a conceptualização biológica em termos moleculares e a aplicação de técnicas informáticas para perceber e organizar informação associada a estas moléculas, a uma grande escala. Resumindo, a bioinformática é um sistema de informação para a biologia molecular e com diversas aplicações práticas (1)

Introdução

O termo Bioinformática surgiu por volta de 1965 com o trabalho de Margaret Dayhoff(1925-1983) “Atlas of Protein Sequence and Structure” em que a autora foi pioneira em perceber processos bioquímicos usando computador. Mais tarde no ano de 2000, o “Information Science and Technology Initiative Consortium of the National Institutes of Health” redefiniram Bioinformática. Referiram que a Bioinformática era a investigação, desenvolvimento ou aplicação de ferramentas computacionais na influência em biologia, medicina, comportamento ou saúde, incluindo as ferramentas que permitem adquirir, organizar, analisar ou visualizar essa informação(2). A Bioinformática tem como objetivos: organizar informação permitindo que os investigadores tenham acesso a essa informação e possam adicionar mais informação enquanto elas são produzidas, por exemplo no Protein Data Bank; Desenvolver técnicas e ferramentas que auxiliem a análise dessa informação, por exemplo programas como FASTA e PSI-BLAST; Utilizar estas ferramentas e interpretar resultados de uma forma biologicamente significativa(3).



Bibliografia de Interesse