Diferenças entre edições de "Clinical Knowledge Manager"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
(Criou página com: '==Descrição== Um dos pilares do OpenEHR é a existência do Clinical Knowledge Manager – CMK (numa tradução livre, “Gestor de Conhecimento Clínico”). [1] O CMK re...')
 
 
(Há 8 revisões intermédias de 2 utilizadores que não estão a ser apresentadas)
Linha 1: Linha 1:
 +
{{Terminologias e Standards
 +
|Designação Terminologia/Standard=Clinical Knowledge Manager
 +
|Área(s) de Aplicação Terminologia/Standard=Partilha de informação, Comunicação
 +
}}
 
==Descrição==
 
==Descrição==
  
Um dos pilares do OpenEHR é a existência do Clinical Knowledge Manager – CMK (numa tradução livre, “Gestor de Conhecimento Clínico”). [1] O CMK reúne uma ativa comunidade em Web 2.0, onde pessoas interessadas, motivadas e focadas promovem uma abordagem aberta e internacional para a informática clínica. Consiste em divulgar uma linguagem livre para a partilha de informação de saúde entre indivíduos, médicos e organizações. Todas as contribuições para CKM consistem numa base voluntária, e todo o conteúdo CKM é de código aberto e disponível gratuitamente obtido sob uma licença Creative Commons.
+
Um dos pilares do OpenEHR é a existência do Clinical Knowledge Manager – CKM (numa tradução livre, “Gestor de Conhecimento Clínico”). [1] O CKM reúne uma ativa comunidade em Web 2.0, onde pessoas interessadas, motivadas e focadas promovem uma abordagem aberta e internacional para a informática clínica. Consiste em divulgar uma linguagem livre para a partilha de informação de saúde entre indivíduos, médicos e organizações. Todas as contribuições para CKM consistem numa base voluntária, e todo o conteúdo CKM é de código aberto e disponível gratuitamente obtido sob uma licença Creative Commons.
 
A última versão do CKM possui, essencialmente, as seguintes funções:
 
A última versão do CKM possui, essencialmente, as seguintes funções:
 
* Direção dos arquétipos de conhecimento;
 
* Direção dos arquétipos de conhecimento;
Linha 8: Linha 12:
 
* É uma plataforma de colaboração ao estilo web  2.0, onde é possível sugerir alterações e interagir com os demais membros para chegar a um consenso sobre a melhor definição de um arquétipo ou template.
 
* É uma plataforma de colaboração ao estilo web  2.0, onde é possível sugerir alterações e interagir com os demais membros para chegar a um consenso sobre a melhor definição de um arquétipo ou template.
 
O CKM oferece a oportunidade e os meios para os utilizadores interessados em modelar conteúdo clínico, de forma a participar na criação e/ou reforço de um conjunto internacional de arquétipos, e estes, por sua vez, têm o potencial de fornecer a base para interoperabilidade de registos de saúde eletrónicos. [2]
 
O CKM oferece a oportunidade e os meios para os utilizadores interessados em modelar conteúdo clínico, de forma a participar na criação e/ou reforço de um conjunto internacional de arquétipos, e estes, por sua vez, têm o potencial de fornecer a base para interoperabilidade de registos de saúde eletrónicos. [2]
Apesar do CMK de referência ser internacional (http://openehr.org/ckm), existem vários outros CKM. Cada um desses diferentes CKM dá suporte à utilização num país, como a Inglaterra (http://clinicalmodels.org.uk/ckm), Austrália (http://dcm.nehta.org.au/ckm) e Rússia (http://simickm.ru/ckm/OKM_ru.html).
+
Apesar do CKM de referência ser internacional (http://openehr.org/ckm), existem vários outros CKM. Cada um desses diferentes CKM dá suporte à utilização num país, como a Inglaterra (http://clinicalmodels.org.uk/ckm), Austrália (http://dcm.nehta.org.au/ckm) e Rússia (http://simickm.ru/ckm/OKM_ru.html).
 
Num futuro próximo, antecipa-se um repositório complementar para outros arquétipos relacionados, incluindo subconjuntos de terminologia.
 
Num futuro próximo, antecipa-se um repositório complementar para outros arquétipos relacionados, incluindo subconjuntos de terminologia.
  
Linha 16: Linha 20:
  
 
[2] OpenEHR - Welcome to openEHR. (2015). Acedido em 10 de Junho de 2015.  Disponível em: http://openehr.org/
 
[2] OpenEHR - Welcome to openEHR. (2015). Acedido em 10 de Junho de 2015.  Disponível em: http://openehr.org/
 +
 +
 +
==== Outras Terminologias para Comunicação====
 +
 +
{{#ask: [[Category:Terminologia de Comunicação]]
 +
| ?Designação Terminologia/Standard
 +
| ?Área(s) de Aplicação Terminologia/Standard=Informação Clínica e Laboratorial
 +
}}
 +
 +
 +
[[Categoria:Terminologia de Comunicação]]

Edição atual desde as 23h30min de 24 de janeiro de 2016

Clinical Knowledge Manager
Designação Clinical Knowledge Manager
Sigla
Ano de Criação
Entidade Criadora
Entidade Gestora
Versão Atual
Área(s) de Aplicação Partilha de informação, Comunicação

Descrição

Um dos pilares do OpenEHR é a existência do Clinical Knowledge Manager – CKM (numa tradução livre, “Gestor de Conhecimento Clínico”). [1] O CKM reúne uma ativa comunidade em Web 2.0, onde pessoas interessadas, motivadas e focadas promovem uma abordagem aberta e internacional para a informática clínica. Consiste em divulgar uma linguagem livre para a partilha de informação de saúde entre indivíduos, médicos e organizações. Todas as contribuições para CKM consistem numa base voluntária, e todo o conteúdo CKM é de código aberto e disponível gratuitamente obtido sob uma licença Creative Commons. A última versão do CKM possui, essencialmente, as seguintes funções:

  • Direção dos arquétipos de conhecimento;
  • Consiste numa biblioteca de ferramentas de conteúdo clínico em forma de arquétipos e templates, onde é possível encontrar o que já existe e descarregar para utilizar em aplicações;
  • Apoia a gestão do ciclo de vida completo dos arquétipos OpenEHR através de um processo de revisão e publicação;
  • É uma plataforma de colaboração ao estilo web 2.0, onde é possível sugerir alterações e interagir com os demais membros para chegar a um consenso sobre a melhor definição de um arquétipo ou template.

O CKM oferece a oportunidade e os meios para os utilizadores interessados em modelar conteúdo clínico, de forma a participar na criação e/ou reforço de um conjunto internacional de arquétipos, e estes, por sua vez, têm o potencial de fornecer a base para interoperabilidade de registos de saúde eletrónicos. [2] Apesar do CKM de referência ser internacional (http://openehr.org/ckm), existem vários outros CKM. Cada um desses diferentes CKM dá suporte à utilização num país, como a Inglaterra (http://clinicalmodels.org.uk/ckm), Austrália (http://dcm.nehta.org.au/ckm) e Rússia (http://simickm.ru/ckm/OKM_ru.html). Num futuro próximo, antecipa-se um repositório complementar para outros arquétipos relacionados, incluindo subconjuntos de terminologia.

Referências

[1] Bacelar, G; Correia, R. (2014). eSAUDE, A Magazine dos Sistemas de Informação para a Saúde. Tutorial OpenEHR, pág. 36. Disponível em: http://www.esaude.pt/category/magazine04/

[2] OpenEHR - Welcome to openEHR. (2015). Acedido em 10 de Junho de 2015. Disponível em: http://openehr.org/


Outras Terminologias para Comunicação

 Designação Terminologia/StandardInformação Clínica e Laboratorial
Clinical Knowledge ManagerClinical Knowledge ManagerPartilha de informação
Comunicação
Enterprise Vocabulary ServiceEnterprise Vocabulary ServiceCodificação e partilha de informação sobre cancro
Logical Observations, Identifiers, Names and CodesLogical Observations, Identifiers, Names and CodesInformação Clínica e Laboratorial