Levantamento de requisitos

Da aprendis
Revisão das 22h45min de 11 de fevereiro de 2016 por Rcorreia (Discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

O levantamento de requisitos é uma fase de um sistema de informação.

Os requisitos podem ser descrições de como um sistema de informação se deve comportar, das suas propriedades e das suas restrições ou condicionantes do seu desenvolvimento.

A fase de levantamento de requisitos é, então, de extrema importância, pois é ela que garante que o novo sistema de informação será capaz de fazer o que é suposto fazer.

Sub-tarefas do levantamento de requisitos

Esta fase é, em si, um processo que implica uma série de outras tarefas:

  1. Estabelecer objetivos:
    • Definir objetivos do negócio;
    • Definir o problema a resolver;
    • Definir as restrições do sistema:
      • Restrições económicas;
      • Restrições políticas;
      • Restrições tecnológicas;
      • Restrições ambientais;
      • Restrições temporais, etc.;
  1. Compreender o contexto:
    • Compreender a estrutura organizacional;
    • Compreender o domínio da aplicação;
    • Identificar os sistemas existentes;
  1. Organizar o conhecimento:
    • Identificar os stakeholders e os utilizadores:
      • Compreender as necessidades dos interessados num sistema de informação é decisivo para o desenvolvimento de uma solução efetiva;
      • Conhecer os interessados e as suas necessidades permite definir as fronteiras do sistema:
        • Quem são os utilizadores do SI? Quem fornece, utiliza, remove informação do SI?
        • Como é que o SI contém a informação necessária ao seu funcionamento?
        • Onde é que o SI é utilizado?
        • Quem será afetado pelas saídas que o SI produz?
        • Quem vai ficar responsável pela manutenção do SI?
        • Que outros sistemas interagem com o novo SI?
    • Definir prioridades para os objetivos;
    • Filtrar o domínio de conhecimento;
  1. Fazer o levantamento dos requisitos:
    • Identificar requisitos dos stakeholders;
    • Identificar requisitos do domínio;
    • Identificar requisitos da organização.


O contexto no qual o sistema se vai inserir e as condições impostas ao processo, influenciam a forma como o levantamento de requisitos é feito, no entanto.


Processos para descobrir requisitos

  • Requisitos conduzidos por políticas organizacionais;
  • Requisitos iniciados por problemas:
    • Diagnóstico conduzido por eventos;
    • Análise baseada em modelos;
  • Requisitos iniciados por exemplos;
  • Requisitos impostos pelo ambiente externo:
    • Normas, regulamentos, etc.;
    • Requisitos não funcionais.



Instrumentos de identificação de requisitos

  • Entrevistas e questionários - técnicas simples, mas difíceis de aplicar:
    • Enviesamento do entrevistadores;
    • Predisposição do entrevistado;
    • Relação pessoal;
  • Workshops de requisitos - técnica de grupo para o debate e acordo das questões associadas à identificação de requisitos:
    • Grupo é composto por representantes dos diversos stakeholders identificados;
    • Discussão é mediada por especialista na identificação e levantamento de requisitos;
  • Brainstorming - técnica de grupo para a geração de novas ideias:
    • Encoraja a participação de todos os envolvidos no processo de criação de SI;
    • Permite o aproveitamento e o refinamento de outras ideias e a criação de novas;
    • Encoraja o pensamento livre;
  • Cenários - técnica que permite colocar os interessados no SI perante uma situação realista em que simulam ou antevêem a interação com o SI;
  • Storyboarding - técnica que permite obter, rapidamente, reações dos utilizadores para os conceitos propostos para o SI:
    • Passivo - capturas de ecrã; regras do negócio; relatórios;
    • Ativo - slide shows; animações; simulações;
    • Interativo - demos; apresentações interativas;
  • Protótipos - técnica que consiste na criação de uma versão inicial do sistema para apoio à identificação, análise e validação de requisitos.



Problemas no levantamento de requisitos

  • Os utilizadores não sabem o que querem ou sabem o que querem, mas não conseguem articulá-lo;
  • Os utilizadores pensam que sabem o que querem até que os desenvolvedores lhes dêem o que disseram que queriam;
  • Os analistas acham que compreendem os problemas dos utilizadores melhor que os mesmos.


Voltar