Diferenças entre edições de "Monitorização de saúde animal"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 23: Linha 23:
 
#rastreabilidade ao longo da cadeia (Farm Traceability System por NEMA)  
 
#rastreabilidade ao longo da cadeia (Farm Traceability System por NEMA)  
 
<br>
 
<br>
Estes sensores e respetivos sistemas vão apoiar os produtores e demais intervenientes na cadeia de produção. Algumas informações fornecidas são: taxa de crescimento do animal, consumo de alimento, taxa de conversão alimentar, criar alertas para situações anormais potencialmente indicadoras de menor saúde e bem estar animal.
+
Estes sensores e respetivos sistemas vão apoiar os produtores e demais intervenientes na cadeia de produção. Algumas informações fornecidas, úteis, para monitorização e gestão são: taxa de crescimento do animal, consumo de alimento, taxa de conversão alimentar, criação de alertas para situações anormais potencialmente indicadoras de menor saúde ou bem estar animal.
  
  

Revisão das 23h40min de 26 de maio de 2015

Descrição

Monitorização animal pode ser classificada quanto ao seu propósito como monitorização saúde diagnóstica (retrospetica), monitorização de saúde rotineira (prospetiva), monitorização de agentes infecciosos.

  • aplicada a vacas leite [1]

Motivada pelos avanços tecnológicos e exigência dos consumidores a produção intensificou-se e mutou com o aumento do número dos efetivos, aumento das performances produtivas dos animais, aumento do número de animais por tratadores, maior turnover de efetivo. Deste modo a implementação de sistemas informáticos com sensores de parâmetros fisiológicos dos animais podem auxiliar este modo de produção. O desenvolvimento do sistema de sensores poderá compreender 4 etapas:

  1. aquisição de sinal e computar parâmetro do animal (sensores, ex. acelerómetro, pedómetro)
  2. interpretar alteração dos dados do sensor e produzir informação sobre o animal
  3. integrar informação com outros dados e produzir conselhos
  4. tomada de decisão automática ou pelo produtor/tratador

Estas tecnologias podem ser úteis para monitorizar problemas de bem estar animal. E problemas locomotores (ex. laminite), fertilidade (ex. cio silencioso), cetose, deslocamento abomaso, hipocalcémia, comuns neste tipo de maneio intensivo.

  • aplicada à suinicultura

Por exemplo, o projeto "allsmartpigs" da Precision Livestock Farming (acrónimo: EU_PLF)[2] usou tecnologia para medir, processar, analisar e realizar inferências e produzir indicadores de bem estar, saúde, habitat e a produtividade. Estes são passíveis de ser mensurados. Através de sistemas com sensores automáticos, com funcionamento contínuo, usando algoritmos, extraiem e analisam informação com interesse para os produtores, veterinários, consumidores.

  1. sensor monitorizar quantidade de alimento(Feed-detect by Agritech Europe)--> bem estar, saúde, produtividade
  2. sensor peso vivo (Weight-detect por Agritech Europe)--> bem estar, saúde, produtividade
  3. sensor som (Pig Cough Monitor por Sound Talks[3])--> Bem-estar , saúde
  4. sensor qualidade do ar (Enviro-detect por Agritech Europe)-> bem-estar, saúde (pneumonia)
  5. sensor atividade (eYe Namic por Fancom) --> bem estar (agressões), saúde
  6. rastreabilidade ao longo da cadeia (Farm Traceability System por NEMA)


Estes sensores e respetivos sistemas vão apoiar os produtores e demais intervenientes na cadeia de produção. Algumas informações fornecidas, úteis, para monitorização e gestão são: taxa de crescimento do animal, consumo de alimento, taxa de conversão alimentar, criação de alertas para situações anormais potencialmente indicadoras de menor saúde ou bem estar animal.


Referências

  1. [1] A. Helwatkar, Daniel Riordan & Joseph Walsh, “Sensor Technology For Animal Health Monitoring”, Proceedings of the 8th International Conference on Sensing Technology, Sep. 2-4, 2014, Liverpool, UK