Monitorização de saúde animal

Da aprendis
Revisão das 23h46min de 26 de maio de 2015 por Mariana Matilde (Discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

Descrição

Monitorização animal pode ser classificada quanto ao seu propósito como monitorização saúde diagnóstica (retrospetica), monitorização de saúde rotineira (prospetiva), monitorização de agentes infecciosos.


Aplicada a vacas leite [1]

Motivada pelos avanços tecnológicos e exigência dos consumidores a produção intensificou-se e mutou com o aumento do número dos efetivos, aumento das performances produtivas dos animais, aumento do número de animais por tratadores, maior turnover de efetivo.

Deste modo a implementação de sistemas informáticos com sensores de parâmetros fisiológicos dos animais podem auxiliar este modo de produção.

O desenvolvimento do sistema de sensores poderá compreender 4 etapas:
  1. aquisição de sinal e computar parâmetro do animal (sensores, ex. acelerómetro, pedómetro)
  2. interpretar alteração dos dados do sensor e produzir informação sobre o animal
  3. integrar informação com outros dados e produzir conselhos
  4. tomada de decisão automática ou pelo produtor/tratador

Estas tecnologias podem ser úteis para monitorizar problemas de bem estar animal. E problemas locomotores (ex. laminite), fertilidade (ex. cio silencioso), cetose, deslocamento abomaso, hipocalcémia, comuns neste tipo de maneio intensivo.


Aplicada à suinicultura

Por exemplo, o projeto "allsmartpigs" da Precision Livestock Farming (acrónimo: EU_PLF)[2] usou tecnologia para medir, processar, analisar e realizar inferências e produzir indicadores de bem estar, saúde, habitat e a produtividade.
Estes são passíveis de ser mensurados. Através de sistemas com sensores automáticos, com funcionamento contínuo, usando algoritmos, extraiem e analisam informação com interesse para os produtores, veterinários, consumidores.
  1. sensor monitorizar quantidade de alimento(Feed-detect by Agritech Europe)--> bem estar, saúde, produtividade
  2. sensor peso vivo (Weight-detect por Agritech Europe)--> bem estar, saúde, produtividade
  3. sensor som (Pig Cough Monitor por Sound Talks[3])--> Bem-estar , saúde
  4. sensor qualidade do ar (Enviro-detect por Agritech Europe)-> bem-estar, saúde (pneumonia)
  5. sensor atividade (eYe Namic por Fancom) --> bem estar (agressões), saúde
  6. rastreabilidade ao longo da cadeia (Farm Traceability System por NEMA)


Estes sensores e respetivos sistemas vão apoiar os produtores e demais intervenientes na cadeia de produção. Algumas informações fornecidas, úteis, para monitorização e gestão são: taxa de crescimento do animal, consumo de alimento, taxa de conversão alimentar, criação de alertas para situações anormais potencialmente indicadoras de menor saúde ou bem estar animal.

Referências

  1. [1] A. Helwatkar, Daniel Riordan & Joseph Walsh, “Sensor Technology For Animal Health Monitoring”, Proceedings of the 8th International Conference on Sensing Technology, Sep. 2-4, 2014, Liverpool, UK