Diferenças entre edições de "OpenMRS"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 1: Linha 1:
O OpenMRS é um sistema de registos clínicos open-source, grátis desenhado para uso em países em desenvolvimento. Suporta a prestação de cuidados de saúde e a investigação em cada continente. Baseado em JAVA e Web, este software começou por um modelo de dados simples interligado com um API e a construção da aplicação web-based que suporta o API. Este suporta o acoplar de módulos, para facilitar a possibilidade de implementação de forma a encontrar as necessidades locais. Tendo estes módulos acesso total ao sistema, par poder criar tabelas na base dedados, alterar o comportamento do API e por ventura adicionar ou mudar a aplicação web-based.
+
[[Ficheiro:OpenMRS logo.png|500px|thumb|left|OpenMRS logo]]
O OpenMRS é assim fundado pelos princípios de abertura e partilha, de ideias, software e estratégias para implementação.  
+
 
 +
{{Sistemas de Informação em Saúde
 +
|Designação = OpenMRS-Open Medical Record System
 +
|Data de Lançamento = 01/02/2006
 +
|Entidade Criadora = Indiana University School of Medicine and Moi University
 +
|Entidade Gestora = OpenMRS
 +
|Versão atual = (2.2)
 +
|Especialidade Médica = Registos Clínicos Eletrónicos
 +
|Função = Registos Clínicos Eletrónicos
 +
}}
 +
 
 +
 
 +
 
 +
O '''OpenMRS''' é um sistema de registos clínicos open-source, grátis desenhado para uso em países em desenvolvimento. Suporta a prestação de cuidados de saúde e a investigação em cada continente. Baseado em JAVA e Web, este software começou por um modelo de dados simples interligado com um API e a construção da aplicação web-based que suporta o API[1]. Este suporta o acoplar de módulos, para facilitar a possibilidade de implementação de forma a encontrar as necessidades locais. Tendo estes módulos acesso total ao sistema, par poder criar tabelas na base dedados, alterar o comportamento do API e por ventura adicionar ou mudar a aplicação web-based.
 +
O OpenMRS é assim fundado pelos princípios de ''abertura'' e ''partilha'', de ideias, software e estratégias para implementação.  
 +
 
  
  
 
==Missão==
 
==Missão==
Implementar Sistemas de Informação da Saúde de modo a diminuir custos, aumentar a capacidade, e aproximar a diferença entre ambientes ricos e ambientes pobres em recursos.
+
Implementar Sistemas de Informação da Saúde de modo a diminuir custos, aumentar a capacidade, e aproximar a diferença entre ambientes ricos e ambientes pobres em recursos[2].
 
O seguir de standarts permite ás pessoas usar os Sistemas de Informação para partilhar informação coerente e reduzir esforços neste ato, sendo que conceitos e processos possam ser facilmente partilhados de modo a permitir aos profissionais de saúde e pacientes trabalharem em equipa efetivamente.
 
O seguir de standarts permite ás pessoas usar os Sistemas de Informação para partilhar informação coerente e reduzir esforços neste ato, sendo que conceitos e processos possam ser facilmente partilhados de modo a permitir aos profissionais de saúde e pacientes trabalharem em equipa efetivamente.
  
Melhorar a qualidade de prestação de cuidados de saúde num ambiente escasso em recursos para tal, criando através de uma coordenação global uma estrutura robusta, dirigida ao utilizador de registo clinico eletrónico(RSE).
+
Melhorar a qualidade de prestação de cuidados de saúde num ambiente escasso em recursos para tal, criando através de uma coordenação global uma estrutura robusta, dirigida ao utilizador de '''Registo Clinico Eletrónico'''([[RSE]]).
  
 
           '''Centrada no Utilizador'''
 
           '''Centrada no Utilizador'''

Revisão das 17h20min de 29 de junho de 2015

OpenMRS logo
OpenMRS
Sigla
Designação OpenMRS-Open Medical Record System
Data de Lançamento 01/02/2006
Entidade Criadora Indiana University School of Medicine and Moi University
Entidade Gestora OpenMRS
Versão Atual
Requisitos Técnicos
Tipo de Licenciamento
Arquitetura
Sistema Operativo
Especialidade Médica Registos Clínicos Eletrónicos
Utilizadores Principais
Função Registos Clínicos Eletrónicos



O OpenMRS é um sistema de registos clínicos open-source, grátis desenhado para uso em países em desenvolvimento. Suporta a prestação de cuidados de saúde e a investigação em cada continente. Baseado em JAVA e Web, este software começou por um modelo de dados simples interligado com um API e a construção da aplicação web-based que suporta o API[1]. Este suporta o acoplar de módulos, para facilitar a possibilidade de implementação de forma a encontrar as necessidades locais. Tendo estes módulos acesso total ao sistema, par poder criar tabelas na base dedados, alterar o comportamento do API e por ventura adicionar ou mudar a aplicação web-based. O OpenMRS é assim fundado pelos princípios de abertura e partilha, de ideias, software e estratégias para implementação.


Missão

Implementar Sistemas de Informação da Saúde de modo a diminuir custos, aumentar a capacidade, e aproximar a diferença entre ambientes ricos e ambientes pobres em recursos[2]. O seguir de standarts permite ás pessoas usar os Sistemas de Informação para partilhar informação coerente e reduzir esforços neste ato, sendo que conceitos e processos possam ser facilmente partilhados de modo a permitir aos profissionais de saúde e pacientes trabalharem em equipa efetivamente.

Melhorar a qualidade de prestação de cuidados de saúde num ambiente escasso em recursos para tal, criando através de uma coordenação global uma estrutura robusta, dirigida ao utilizador de Registo Clinico Eletrónico(RSE).

          Centrada no Utilizador
  • Decisões de design são definidas por necessidades reais.
  • Software que funciona em ambientes desafiantes da prestação de cuidados de saúde.
  • Plataforma adaptável ás necessidades dos utilizadores por todo o mundo.
          Open-Source 
  • Comunidade aberta, honesta e transparente nos processos e software
  • O software serve de plataforma que potencia tanto os utilizadores como desenvolvedores.
  • Documentos são publicados que partilham o conhecimento, skills, experiencias e fracassos.
          Dirigido para a Comunidade
  • Crença que as melhores ideias provém de diferentes pessoas com diferentes backgrounds e talentos, juntos é possível inovar e construir.
  • Colher a sabedoria que provém da comunidade de desenvolvedores , através da discussão de ideais, problemas e resolução destes.


História