Recomendações para o Ensino da Informática da Saúde

Da aprendis
Revisão das 18h49min de 10 de novembro de 2016 por Maria João Simões (Discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

Recomendações da AMIA

Resultados de aprendizagem recomendados e opcionais em termos de nível de conhecimento e de competências para profissionais da saúde, seja no seu papel de utilizadores de tecnologias da informação (TI), seja no seu papel de especialistas da informática biomédica.
Níveis recomendados:

  • + = introdutório;
  • ++ = intermédio;
  • +++ = avançado.
Domínio de Conhecimento Nível
Utilizador Especialista
(1) Conhecimentos e competências chave da Informática da Saúde
1.1 Evolução da informática como disciplina e como profissão + +
1.2 Necessidade de processamento sistemático de informação nos cuidados de saúde, benefícios e restrições da tecnologia da informação nos cuidados de saúde ++ ++
1.3 Uso eficiente e responsável das ferramentas de processamento de informação para apoiar os profissionais de saúde na sua atividade e na tomada de decisão ++ ++
1.4 Uso de software aplicacional pessoal para documentação, comunicação pessoal incluindo acesso à Internet, para publicação e estatística básica ++ ++
1.5 Literacia da informação: classificação de bibliotecas e relacionadas com a saúde e respetivos códigos, métodos de pesquisa de literatura, métodos de investigação e paradigmas de investigação + ++
1.6 Características, funcionalidades e exemplos de sistemas de informação em saúde (ex. sistemas de informação clínica, sistemas de informação de cuidados primários, etc.) + +++
1.7 Arquiteturas de sistemas de informação na saúde; abordagens e standards para comunicação e cooperação e para a interface e integração de componentes, paradigmas das arquiteturas (ex. arquiteturas orientadas ao serviço) ++
1.8 Gestão de sistemas de informação na saúde (gestão de informação de saúde, gestão de informação estratégica e tática, administração de TI, gestão de serviços TI, questões legais e regulamentares) + +++
1.9 Características, funcionalidades e exemplos de para o apoio de pacientes e do público (ex. arquiteturas e aplicações de sistemas de informação orientados ao paciente, registos de saúde pessoais, sistemas de informação de sensores) +
1.10 Métodos e abordagens para networking regional e (eSaúde, aplicações de telemática em saúde e intercâmbio de informação inter-organizacional) + ++
1.11 Documentação apropriada e princípios da gestão de dados em saúde, incluindo a habilidade para usar sistemas de codificação médicos e de saúde, construção de sistemas de codificação médicos e de saúde + +++
1.12 Princípios estruturais, de design e de análise de registos de saúde, incluindo noções de qualidade de dados, conjuntos de data mínimos, arquitetura e aplicações gerais do + +++
1.13 Questões sócio-organizacionais e sócio-técnicas, incluindo a modelação e reorganização de workflows/processos + ++
1.14 Princípios da representação e da análise de dados usando fontes de informação primárias e secundárias, princípios da extração de dados, armazéns de dados, gestão do conhecimento ++
1.15 Modelação e simulação biomédicas +
1.16 Questões éticas e de, incluindo a responsabilização dos prestadores de cuidados, gestores e especialistas em Informática Biomédica, e de confidencialidade, privacidade e segurança dos dados de pacientes + ++
1.17 Nomenclaturas, vocabulários, terminologias, ontologias e taxonomias ++
1.18 Ferramentas e métodos informáticos no apoio à, incluindo aprendizagem flexível e à distância, uso de tecnologias educacionais relevantes, incluindo a Internet e a World Wide Web +
1.19 Avaliação de sistemas de informação, incluindo estudo do design, métodos (quantitativos e qualitativos) de seleção e triangulação, avaliação de resultados e impactos, avaliação económica, consequências imprevistas, revisões sistemáticas e meta-análises, informática em saúde baseada na evidência ++
(2) Medicina, Saúde e Biociências, Organização de Sistema de Saúde
2.1 Fundamentos do funcionamento humano e das biociências (anatomia, fisiologia, microbiologia, genómica e disciplinas clínicas como medicina interna, cirurgia, etc.) + +
2.2 Fundamentos do que constitui a saúde, desde perspetivas fisiológicas, sociológicas, nutricionais, emocionais, ambientais, culturais e espirituais e a sua análise + +
2.3 Princípios da tomada de decisão médica, do diagnóstico e das estratégias terapêuticas + ++
2.4 Organização das instituições de saúde e do sistema de saúde em geral, aspetos interorganizacionais, cuidados partilhados + +++
2.5 Frameworks para políticas e regulamentação do uso de informação nos cuidados de saúde +
2.6 Princípios da medicina e enfermagem baseada em evidência + +
2.7 Administração da saúde, economia da saúde, gestão da qualidade da saúde e gestão de recursos, iniciativas para a segurança do paciente, serviços da saúde pública e medição de resultados ++
(3) Informática/Ciência dos Computadores, Matemática, Biometria
3.1 Terminologia informática básica, como dados, informação, conhecimento, hardware, software, computador, redes, sistemas de informação, gestão de sistemas de informação + +++
3.2 Capacidade para usar computadores pessoais, processamento de texto e folhas de cálculo, sistemas de gestão de bases de dados ++ +++
3.3 Capacidade para comunicar eletronicamente, incluindo intercâmbio eletrónico de dados com outros profissionais de saúde, uso de internet/intranet ++ +++
3.4 Métodos da informática/ciência dos computadores prática, especialmente sobre linguagens de programação, engenharia de software, estruturas de dados, sistemas de gestão de bases de dados, ferramentas de modelação de dados e informação, prática e teoria dos sistemas de informação, engenharia do conhecimento, representação e aquisição (de conceitos), arquiteturas de software +++
3.5 Métodos da informática/ciência dos computadores teórica, como teoria da complexidade, encriptação/segurança ++
3.6 Métodos da informática/ciência dos computadores técnica, arquitetura de redes e topologias, telecomunicações, tecnologia wireless, realidade virtual, multimédia ++
3.7 Métodos para a interface e integração de componentes de sistemas de informação nos cuidados de saúde, standards de interface, identificadores de múltiplos pacientes ++
3.8 Gestão do ciclo de vida dos sistemas de informação: análise, especificação de requisitos, implementação e/ou seleção de sistemas de informação, gestão do risco, treinamento do utilizador + +++
3.9 Métodos da gestão de projetos e da gestão de mudanças (ex.: planeamento de projetos, gestão de recursos, gestão de equipas, gestão de conflitos, colaboração e motivação, teorias da mudança, estratégias de mudança) + +++
3.10 Matemática: álgebra, análise, lógica, matemática numérica, teoria da probabilidade e estatística, criptografia ++
3.11 Biometria e epidemiologia, incluindo design de estudo ++
3.12 Métodos para o apoio à decisão e a sua aplicação na gestão do paciente, aquisição, representação e engenharia do conhecimento médico; construção e utilização de orientações clínicas + +++
3.13 Conceitos básicos e aplicações da computação ubíqua (ex.: pervasiva, tecnologias de sensor e de ambiente nos cuidados de saúde, tecnologias facilitadoras da saúde, sistemas de saúde ubíquos e ambient assisted living) +
3.14 Engenharia da usabilidade, interação humano-computador, avaliação de usabilidade, aspetos cognitivos do processamento de informação ++
(4) Módulos opcionais em Informática da Saúde e campos relacionados
4.1 Imagem biomédica e processamento de sinal +-+++
4.2 Tecnologias facilitadoras da saúde, sistemas de saúde ubíquos e ambient assisted living +-+++
4.3 Bioinformática médica e biologia computacional +-+++
4.4 Quimioinformática médica +-+++
4.5 Ciências da informação médicas +-+++
4.6 Nanoinformática médica +-+++
4.7 Robótica médica +-+++
4.8 Informática médica pública +-+++