Diferenças entre edições de "SNOMED-CT"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
(Desfez a edição 3769 de Ligiadesousa (Discussão))
 
Linha 33: Linha 33:
 
   
 
   
 
Em 2007, a recém-formada IHTSDO adquiriu os direitos de propriedade intelectual para todas as versões do SNOMED. O produto resultante da fusão foi chamado SNOMED Clinical Terms, que foi encurtado para SNOMED CT e por isso a IHTSDO considera o SNOMED CT como o nome de uma marca e não um acrônimo <ref name “historia”/>.
 
Em 2007, a recém-formada IHTSDO adquiriu os direitos de propriedade intelectual para todas as versões do SNOMED. O produto resultante da fusão foi chamado SNOMED Clinical Terms, que foi encurtado para SNOMED CT e por isso a IHTSDO considera o SNOMED CT como o nome de uma marca e não um acrônimo <ref name “historia”/>.
 +
 +
==== Referências ====
 +
 +
----
 +
 +
<references/>
 +
 +
 +
[[Categoria:Terminologia Clínica]]

Edição atual desde as 11h03min de 14 de abril de 2016

SNOMED-CT
Designação SNOMED CT
Sigla
Ano de Criação 2002
Entidade Criadora International Health Terminology Standards Development Organisation
Entidade Gestora International Health Terminology Standards Development Organisation
Versão Atual
Área(s) de Aplicação Termos Médicos, Registos Médicos


Descrição


SNOMED CT a mais completa nomenclatura sistematizada de termos clínicos de medicina, internacional e multilingue, sendo a língua oficial o Inglês. É um recurso com conteúdo clínico abrangente e cientificamente validado. Permite uma representação consistente e processável no Registo de Saúde Eletrónico (RSE) e é estruturado para ser utilizado por outras normas internacionais. Nos sistemas de informação é usado para intercâmbio eletrónico de informação clinica e de saúde, sendo também o standard desejável nas especificações de interoperabilidade [1]

Na atualidade é utilizado por mais de 50 países. O SNOMED CT é desenvolvido de forma colaborativa para garantir o acolhimento das diversas necessidades e expectativas dos médicos em todo o mundo e é aceite como uma língua global comum para os termos de saúde. Os pacientes e profissionais de saúde beneficiam de melhores registos de saúde, decisões clínicas e análise, conduzindo a uma maior qualidade, consistência e segurança na prestação de cuidados de saúde [2]

Quando implementado em aplicações de software, SNOMED CT permite o registo da informação num processo clínico electrónico abarcando diversos contextos clínicos como sinais e sintomas no diagnóstico, mas também sociais e administrativos.. A linguagem usada é muito próxima da linguagem clínica natural de cada país, possibilitando captar os diferentes dialetos e idiomas usados pelos clínicos, garantindo um código único. A terminologia está organizada em conceitos, interrelacionáveis entre si, permitindo refinar e detalhar cada vez mais a informação clínica. Esta funcionalidade permite aumentar a riqueza e consequentemente a qualidade dos dados inseridos, promovendo a partilha e recolha eficazes da informação clínica [3].

O SNOMED CT é propriedade da International Health Terminology Standards Development Organization (IHTSDO) uma organização internacional sem fins lucrativos, sediada em Copenhaga, na Dinamarca composta atualmente por 28 países e à qual Portugal pertence desde janeiro de 2014 [4], através dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) [5].

História


SNOMED CT é um produto em constante crescimento e evolução que emergiu de duas origens. Em 1965, foi publicada a Systematized Nomenclature of Pathology (SNOP) pelo College of American Pathologists (CAP), para descrever a morfologia e anatomia. Em 1975, sob a liderança do Dr. Roger Cote, a CAP expandiu o SNOP para criar o SNOMED, Systematized Nomenclature of Medicine Clinical Terms. A versão SNOMED II, publicada em 1979, foi a mais amplamente adotada. A maior expansão e revisão publicada em 1993 foi chamada de SNOMED Internacional, ou SNOMED 3.0. Em 2000, foi publicada pela CAP uma nova versão baseada em lógica com a colaboração da Kaiser Permanent chamada SNOMED RT [6].

Enquanto isso, os Read Codes, desenvolvidos originalmente no Reino Unido na década de 1980 pelo Dr. James Read, que evoluíram para Clinical Terms Version 3 (CTV3) no âmbito do National Health Service of United Kingdon [6].

Um projeto de três anos para fundir o CTV3 e SNOMED RT foi iniciado em setembro de 1998 sob a propriedade da CAP, resultando na primeira versão do SNOMED CT, lançado em Janeiro de 2002 [6].

Em 2007, a recém-formada IHTSDO adquiriu os direitos de propriedade intelectual para todas as versões do SNOMED. O produto resultante da fusão foi chamado SNOMED Clinical Terms, que foi encurtado para SNOMED CT e por isso a IHTSDO considera o SNOMED CT como o nome de uma marca e não um acrônimo [6].

Referências


  1. IHTSDO, “SNOMED CT.” [Online]. Available: http://www.ihtsdo.org/snomed-ct. [Accessed: 10-Mar-2016].
  2. IHTSDO, “What is SNOMED CT?” [Online]. Available: http://www.ihtsdo.org/snomed-ct/what-is-snomed-ct. [Accessed: 03-Oct-2016].
  3. IHTSDO, “SNOMED CT Starter Guide,” Snomed, no. July. pp. 1–56, 2014
  4. CTC.PT, “SNOMED CT - CTC.PT - WIKI (Gestão de Conhecimento).” [Online]. Available: https://interop-pt.atlassian.net/wiki/display/CTCPT/SNOMED+CT. [Accessed: 10-Mar-2016]
  5. “IHTSDO.” [Online]. Available: http://www.ihtsdo.org/about-ihtsdo. [Accessed: 10-Mar-2016]
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 IHTSDO, “History of SNOMED CT.” [Online]. Available: http://www.ihtsdo.org/snomed-ct/what-is-snomed-ct/history-of-snomed-ct. [Accessed: 10-Mar-2016].