TeethRIA - Sistema de Telemedicina Dentária

Da aprendis
Revisão das 18h54min de 31 de maio de 2016 por Maria João Simões (Discussão | contribs)

(dif) ← Revisão anterior | Revisão atual (dif) | Revisão seguinte → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa
TeethRIA - Sistema de Telemedicina Dentária
Autor Jorge Filipe Oliveira Costa Ribeiro
Orientador Ricardo João Cruz Correia
Co-Orientador
Data de Entrega 2011/07
URL http://hdl.handle.net/10216/62315
Palavras-chave Telemedicina, Medicina dentária, Sistema de informação
Resumo

A telemedicina dentária é apresentada por vários autores como uma ferramenta com vantagens na prática clínica e ensino da medicina dentária, estando a tornar-se na dimensão clínica da nova relação paciente-médico dentista.


O objectivo desta tese foi desenvolver um sistema de telemedicina dentária, denominado TeethRIA, que permite a ligação entre diferentes utilizadores: professores/educadores, médicos dentistas e encarregados de educação.


O sistema desenvolvido faculta o envio de imagens da boca de educandos que são, posteriormente, analisadas por clínicos inscritos na plataforma. Dessa análise resulta um conjunto de dados, apresentado num relatório em formato PDF e disponibilizado aos respectivos Encarregados de Educação. O sistema composto por seis módulos: Administração do Sistema; Instituições de Ensino; Avaliadores; Professores e Educadores; Observadores e Encarregados de Educação encontra-se disponível em http://www.TeethRIA.eu.tf.
Para além do seu desenvolvimento, este trabalho apresenta ainda os resultados da avaliação do módulo de Professores e Educadores, levada a efeito com 10 participantes. A avaliação teve como metodologia a utilização da aplicação durante uma semana e o preenchimento de um inquérito, para além da realização de um grupo de discussão, posterior ao preenchimento do inquérito.


Os resultados obtidos mostram que a aplicação avaliada teve uma boa receptividade por parte dos participantes. O processo de introdução dos dados pessoais e o método de associar as 3 imagens a cada ‘imaginatu’ foram classificados, pela maioria, como ‘Muito Fácil’.
O principal objectivo desta tese foi alcançado e a aplicação avaliada teve uma aceitação bastante considerável por parte dos participantes.