Diferenças entre edições de "Ubuntu Med"

Da aprendis
Ir para: navegação, pesquisa
(Requisitos)
(Requisitos)
Linha 32: Linha 32:
 
É importante nas fases iniciais de planeamento considerar diversas ''storage failsafes'' (ambos RAID e mecanismos de replicação de armazenamento (tais como servidores duplos NAS)). Alcançar alta disponibilidade e alta confiabilidade é importante para uma eventual instalação de produção.
 
É importante nas fases iniciais de planeamento considerar diversas ''storage failsafes'' (ambos RAID e mecanismos de replicação de armazenamento (tais como servidores duplos NAS)). Alcançar alta disponibilidade e alta confiabilidade é importante para uma eventual instalação de produção.
  
O maior problema com os servidores é muitas vezes a largura de banda que está disponível a partir de um provedor de serviços de Internet (ISP). Muitos ISPs "normais (consumers)" não são adequadas para vários servidores, especialmente aqueles (tais como Comcast) that "throttle" ou limita o uso da largura de banda.
+
O maior problema com os servidores é muitas vezes a largura de banda que está disponível a partir de um provedor de serviços de Internet (ISP). Muitos ISPs "normais (consumers)" não são adequadas para vários servidores, especialmente aqueles (tais como Comcast) that "throttle" ou limita o uso da largura de banda. Se o objetivo for utilizar o Ubuntu-Med num ambiente produtivo (ou seja, com acesso público externo), é necessário prestar atenção à sua configuração e os recursos de rede disponíveis.
  
 
==Limitações==
 
==Limitações==

Revisão das 18h27min de 15 de abril de 2016

O que é

É um projeto que visa incorporar vários servidores úteis para a prática médica e investigação, num único sistema operativo .

Consiste numa personalização do sistema operativo Kubuntu de forma a disponibilizar um sistema operativo coordenado, e uma coleção de pacotes de software livre que são adequados à prática médica e investigação.

Descrição

A personalização consiste na inclusão de um conjunto de ferramentas consideradas úteis para o desenvolvimento da prática médica, e de investigação:

  • Kubuntu Linux OS
  • Drupal 6 website server
  • MediaWiki software
  • Moodle online teaching
  • BigBlueButton teleconferencing server
  • DAViCal group calendar
  • Astronaut OpenVistA EHR

Funcionalidades

  • Teleconferência
  • Website
  • Wiki
  • EHR
  • EMR
  • E-commerce

Licença

GNU General Public License version 3.0 (GPLv3)

Requisitos

A distribuição requer cerca de 6-7 Gb de espaço livre nodisco rígido para instalar, mas será necessário também espaço para a informação que vai sendo gerada durante a sua utilização. É aconselhado um espaço mínimo de 30Gb dedicados para o Ubuntu-Med.

Devido à utilização de vários servidores em simultâneo, a máquina onde a distribuição estiver instalada 3Gb de memória RAM para a versão de 32 bits e 4Gb para a versão de 64 bits.

É importante nas fases iniciais de planeamento considerar diversas storage failsafes (ambos RAID e mecanismos de replicação de armazenamento (tais como servidores duplos NAS)). Alcançar alta disponibilidade e alta confiabilidade é importante para uma eventual instalação de produção.

O maior problema com os servidores é muitas vezes a largura de banda que está disponível a partir de um provedor de serviços de Internet (ISP). Muitos ISPs "normais (consumers)" não são adequadas para vários servidores, especialmente aqueles (tais como Comcast) that "throttle" ou limita o uso da largura de banda. Se o objetivo for utilizar o Ubuntu-Med num ambiente produtivo (ou seja, com acesso público externo), é necessário prestar atenção à sua configuração e os recursos de rede disponíveis.

Limitações

Ubuntu-Med é baseado no Kubuntu Lucid 10.04 32-bit (for its .FSA version) porque os componentes utilizados no servidor de teleconferência BigBlueButton são baseados nessa versão do Ubuntu/Kubuntu.

Ubuntu-Med também pode ser instalado usando o Ubuntu em vez do Kubuntu: Ubuntu Lucid 10.04 32-bit ou 64-bit.